sns-container
SNS-Print

Fernando Araújo atribuiu o primeiro Selo de Excelência.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, atribuiu o primeiro Selo Pão com «Menos sal, mesmo sabor», esta segunda-feira, dia 30 de abril, à padaria Pantir, em Santo Tirso.

Duas semanas depois de este projeto ter sido apresentado, o certificado de excelência foi entregue, a título simbólico, a uma padaria na qual todas as variedades de pão já têm, neste momento, baixo teor de sal.

salselo2

As padarias que pretendam receber este selo poderão candidatar-se até ao dia 31 de maio, bastando, para isso, preencherem um formulário disponível no Portal SNS, que terão de enviar posteriormente para o e-mail paomenossal@dgs.min-saude.pt.

Depois da candidatura e seleção, segue-se um período de monitorização de até seis meses, com análises feitas pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Instituto Ricardo Jorge), com base em recolhas de pão em dois momentos distintos. Os selos deverão ser entregues em dezembro de 2018 e terão a validade de um ano. Ao fim desse ano, terá de haver novo pedido de monitorização dos níveis de sal.

O objetivo desta iniciativa da Direção-Geral da Saúde, do Instituto Ricardo Jorge e dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, em colaboração com as panificadoras e pastelarias, é conceder uma distinção pública às padarias que alcancem a ambiciosa meta de menos de 1 grama de sal por 100 gramas de produto ainda este ano, ou seja, antes do período definido no compromisso firmado no passado dia 16 de outubro.

O referido protocolo foi assinado no âmbito da Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável e estabelece metas de 1,3 gramas de sal por 100 gramas em 2018; 1,2 gramas por 100 gramas em 2019; 1,1 gramas de sal por 100 gramas em 2020 e abaixo de 1 grama por 100 gramas em 2021.

Relembra-se que os portugueses consomem, em média, por dia, mais três gramas de sal do que o recomendado, sendo que, de acordo com o último Inquérito Alimentar Nacional, o pão é um dos principais alimentos a contribuir para a ingestão de sal.

Deste modo, e porque o consumo excessivo de sal é um dos maiores riscos de saúde pública em Portugal e aquele que mais contribui para a perda de anos de vida saudáveis, medidas como esta que agora se promove podem conduzir a melhores resultados em saúde.

Para saber mais, consulte:

Portal SNS > Pão com menos sal

Voltar

Últimas Notícias

INSA revela que 65% da população adulta escova dentes 2 vezes ao dia
15/02/2019
Medidas de restrição devido a infeção em doentes internados.
15/02/2019
CHULC promove conferência no dia 15 de fevereiro.
15/02/2019