sns-container
SNS-Print

Governo garante que não há sobrecarga dos hospitais na região.

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, garantiu hoje que “não há sobrecarga” das unidades de cuidados intensivos na zona de Lisboa, que tem uma ocupação de 66%, semelhante à média do resto do país.

“Não há sobrecarga e existe capacidade para continuar a dar resposta de uma forma supletiva e complementar às necessidades”, afirmou António Lacerda Sales, na conferência de imprensa para a atualização dos dados da Covid-19.

“A ocupação em unidade de cuidados intensivos é de 66% dos hospitais da região, muito em linha com o do resto do país, que é de 65%”, sublinhou, acrescentando que “apenas 20%” das pessoas que estão nos cuidados intensivos são doentes covid.

António Lacerda Sales lembrou que “a situação em Lisboa e Vale do Tejo (LVT) “continua a ser a que inspira mais atenção das autoridades de saúde” e é, desde o dia 13 de maio, “a região que mais testes realiza”.

Este é o momento de trabalho no terreno, sublinhou António Lacerda Sales, referindo que é o momento de “não ignorarmos os números, mas não nos deixarmos derrotar por eles”.

“É o tempo de reforço de equipas, da definição de estratégias dirigidas a uma zona do país que tem caraterísticas diferentes das outras”, concluiu o Secretário de Estado da Saúde.

Para saber mais, consulte:

Facebook do SNS > Covid-19 | Conferência de imprensa 29/06/2020

Voltar

Últimas Notícias

Infarmed acolhe reunião sobre situação epidemiológica em Portugal
08/07/2020
Portugal é o quinto país da União Europeia que mais testes realiza.
10/07/2020
Ação conjunta na comunidade para combater a pandemia.
10/07/2020